Início » Sem categoria » Alguns textos para reflexão

Alguns textos para reflexão

Categorias

Para Pensarmos

"De modo diferente de muitos evangelistas modernos, que tem enriquecido, Moody era homem simples e honesto no tocante ao dinheiro, como em tudo o mais. Não aceitava lucros. Todos os proventos das vendas do hinário de sua autoria e de Ira D. Sankey eram administrados por uma junta de encarregados e eram destinados principalmente para o sustento das escolas de Northfield. Aproximando-se o tempo de sua morte, Moody era homem relativamente pobre. Ele declarou: 'Minha esposa e meus filhos simplesmente terão de confiar no mesmo Deus em que tenho confiado'". R. N. Champlin. Enciclopédia de Bíblia, Teologia e Filosofia. vol. 4: Candeia, 1991. p. 355.

Alguns textos do nosso livro “Frases, Pensamentos, Fatos e Ilustrações”:

 

Lágrimas e poder

“Cel. Clarck, em Chicago, estava ocupado no comércio durante seis dias, mas tinha seu salão de pregação aberto sete noites em cada semana. Ele tinha uma assistência maravilhosa, de quinhentos a seiscentos homens, todas as noites do ano: embriagados, gatunos, jogadores e toda a qualidade dos que não tinham esperança. Cel. Clarck era um homem que não falava bem. Contudo, os homens o ouviam, encantados. Alguns dos melhores pregadores de Chicago ajudavam na pregação, mas os homens não os escutavam com tanto interesse. Nas pregações dele, houve conversões às dezenas. Por que? Porque eles sabiam que Cel. Clarck os amava. Ele disse: “No começo desta obra, eu chorava muito por estes homens; ficava até envergonhado das minhas lágrimas. Então, esforcei-me a ter um coração duro e evitar o choro. Perdi o poder. Depois orei a Deus: “Ó Deus, dá-me de novo as lágrimas!” E Deus me deu de novo as lágrimas, e com grande poder sobre estes homens”.  

Por Orlando Boyer, em seu livro “Esforça-te Para Ganhar Almas”, Vida, os 66,67.

 

Comoção profunda

“Dwight L. Moody, certa vez, fazendo um estudo profundo do tema da graça, ficou tão comovido que se apressou a sair à rua, para perguntar a primeira pessoa que encontrou: “Você sabe o que é a graça de Deus?” Não foi um milagre que milhares de pessoas se tenham comovido pela pregação deste homem de Deus?”

Myer Pearlman, em seu livro “Ensinando com Êxito na Escola Dominical”, Vida, pág. 85.

 

O perigo da arrogância

“Dizem que em 1995 houve o seguinte diálogo entre um navio da Marinha americana e as autoridades costeiras do Canadá. Os americanos começaram educadamente:

– Favor alterar seu curso 15 graus para o norte, para evitar colisão com nossa embarcação.

Os canadenses responderam de pronto:

– Recomendo mudar seu curso 15 graus para o sul.

O americano ficou mordido:

– Aqui é o capitão de um navio da Marinha americana! Repito, mude seu curso.

Mas o canadense insistiu:

– Impossível. Mude seu curso atual.

O negócio começou a ficar feio. O capitão americano berrou ao microfone:

– Este é o porta-aviões USS-Lincoln, o segundo maior da frota americana no Atlântico! Estamos acompanhados de três destroyers, três fragatas e numerosos navios de suporte. Eu exijo que vocês mudem imediatamente seu curso 15 graus para o norte, do contrário tomaremos contramedidas para garantir a segurança do navio.

E o canadense respondeu:

– Impossível, repito: aqui é um farol… Câmbio!”

Alexandre Rangel, em seu livro “O que podemos aprender com os gansos”, Original, pág.s. 139-40.

A resposta branda desvia o furor, mas a palavra dura suscita a ira” – Pv 15.1

 

Convicção que vence a morte

“Pai, em tuas mãos entrego o meu espírito, pois tu me redimiste, Deus da verdade”, dizia Martinho Lutero, pouco antes de morrer. O Dr. Jones disse-lhe ao ouvido – “Reverendo pai, desejas manter-te firme ao lado de Cristo e das doutrinas que tens pregado? Resistem elas às agonias da morte?”. “Sim, sim! Mil vezes sim!”, exclamou Lutero. E voltando-se para um lado, dormiu no Senhor”

“Onde está, ó morte, a tua vitória?” – 1 Co 15.55a

Abraão de Almeida – “201 Respostas” –, 1ª ed., CPAD, p. 185.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: